E tudo acabam em... LOVE!

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Pra quem adora comédias românticas como eu e pra quem "diz" que não gosta tenho uma dica super legal de um filme que vi ontem no cinema: IDAS E VINDAS DO AMOR (Valentine's Day).
A trama mostra o desenrolar de vários casais, que em alguns momentos do filme se cruzam também.
O tema principal é a data de Valentine's Day, traduzindo... nosso Dia dos Namorados.
Há uns que curtem, outros não!



Histórias que se chuzam, corações partidos por não ter sua outra metade da laranja, qual acabam ODIANDO esta data. Há aqueles eternamente apaixonados, que fazem coisas mirabolantes pra agradar o seu amor.



Bom, não vou falar 100% do filme. Quem quiser conferir assista. Ainda está no cine daqui, mas loguinho chega as locadoras.



O que me trouxe a postar sobre minha dica foi a reflexão que o filme (ou melhor, que os filmes) sempre me causa.

Cotidiano!
Brigas, Pazes, Traições, dúvidas, amor... faz parte da gente.



Dia dos namorados é uma data bem legal pra quem tem com quem comemorar e um dia chato ou digamos.. normal, como outro qualquer pra quem não tem o que comemorar.

Eu e meus amigos de faculdade já até fizemos um almoço aqui em casa pros SOLTEIROS.
Ele não vingou no ano seguinte pois, eu, que organizei o evento estava namorando com um dos participantes do almoço no ano anterior!

Eu.. Feliz!
Os outros.. acho que não fez diferença!

Acredito que a diferença faz quando se gosta muuuito de alguém!
Alguém com quem estamos, por quem sofremos ou por quem nos faz sofrer e.. amamos!

Amar é estar sujeito a todos os tipos de sentimentos, sejam bons ou ruins.
É ter controle e.. descontrolar-se.



Eu amo e sou amada!
Já amei e não fui correspondida
Nunca desisti, pois sempre soube que por mais longe que fosse o arco-íris... no final, meu pote de ouro estaria lá!

9 SERES IMAGINÁRIOS:

Panda! disse...

Que jogue a primeira pedra quem nunca amou!

...

*Som dos grilos ao fundo*

...

Eu já amei! \o/
Mas se é bom ou ruim, acho que nem um, nem outro. O amor ta aí pra quem quiser sentir e cabe a cada um tirar suas próprias conclusões. E vale qualquer tipo de amor. Platônico, fraterno, paterno, materno, home com mulher, homem com homem, mulher com mulher, homem com cabrita, enfim...AMOR!
E assim a humanidade segue a vida. Amando (odiando, indiferente - tudo uma variação da mesma coisa).
Então que seja! o/

E sim, o filme é bem simpático. Dá pra dar umas risadas e nem é perda de tempo. Ta dada a dica pela Mary!

Abração!!!!

Iriana™ disse...

Eu credito que todos sempre estão amando, sempre!...
É impossível ser neutro ou dizer que não gosta de ninguém e que ninguém gosta de ti. Tu pode gostar dos defeitos ou das qualidades, pode gostar mesmo não querendo, mas não tem como dizer que isso não existe na tua vida, não! O mais legal nisso tudo é saber que é recíproco, afinal quem não gosta de ouvir o mesmo que tu quer dizer!?


Mas falando no filme... eu gostei, e o importante mesmo era estarmos todos juntos! ^^


Beijo... =*

Mundo do Gê disse...

Coisas do Amor...Hum pra mim amor rima com dor...mas até a dor de amor de certa forma, tem seu lado positivo...Eu que o diga...
Que bom que o almoço dos solteiros não se perpetuou no ano seguinte ao que ele aconteceu...Pois é encontrou seu principe....o Pernas de Mola...Rsrssss....Quem sabe o proximo almoço não será o de despedida de solteiros....Hummmm estou torcendo para isso!

Bjos Mary!
Ahhh passa lá e dê uma olhada na postagem Pessoas inteligentes são mesmo diferentes...acho que vai gostar...
Fui, mas volto...Ahh mais uma coisinha não postou os selos?

Re Fagundes disse...

Seja bem vinda ao Cítrico!

Gostei muito do seu cantinho tbm..PARABÉNS

Beijos cintilantes

Flavinha ^_^ disse...

Aaaahh nada como um cineminha, né?! =)
Estava falando esses dias em como eu ando a fim de ir ao cinema! eehehe Coincidiu com a tua dica, Marylda!
O almoço dos solteiros.. hahaha "EU FUI!" Mas aí perdemos a anfitriã... hehehe Mas eu adorei te perder pro Robertinho, amiga! Casalzinho que eu torço demais!!! =)
Aaaah o amor, essa raposa! =p hehehe

Muito bom o post, aaah continuo esperando tua visita, mocinha! =)

BeijãoOoO ^_^

adri. disse...

...nem tudo acaba em LOVE....mas enfim...
posso saber pq não fui convidada?
ou era só para CASAIS?
isso é exclusão hein...não te convido mais para perder chaves em Libres.
rsrs...
bjs

Petro disse...

Amor, Dia dos namorados? Pq me lembrou disso agora? Ah, não devia...mas culpa minha em ter vindo aqui e não conseguir sair...e nem me esforço. Gosto daqui...mas este dia me dá saudadessss
Bjo, menina particular.

Débora disse...

Q lindo!

Gil Sampaio disse...

Achei lindo o texto a cara de uma professora de roteiro que tive, ela adorava comédias românticas e eu torcia o nariz pra ela, porque eu era o cara do cinema denuncia, do cinema que arrebatava, o CULT, o SOUL, da escola/movimento tarantiniano. Ai ela me ensinou que existem filmes e filmes. Momentos e momentos. Ainda tenho vergonha de falar que chorei em tal comédia romântica, ninguém sabe que eu vejo esses filmes. rs rs rs... Mas eu me amarro. Abraços!
Ps: Adorei a forma que o texto termina.

 
Design by Pocket