Trapaceando a saudade (ou..tentando!)

domingo, 24 de maio de 2009


Resolvi há alguns dias fazer uma "limpeza" geral eliminando alguns papeis e fotos.
Sentei no chão do meu quarto e resolvi pegar as caixinhas de cartas e papeletes pra ver o que ainda servia e o que estava ali só pra preencher espaço.
Joguei tanta coisa fora, mas também conservei muita coisa. Cartas, cartões, postais, bilhetinhos, flores secas, papéis de bala e bombom... enfim.. tudo o que me foi ofertado com carinho, mesmo com toda a simplicidade de cada lembrança.
No mural... ficam comgeladas lembranças de coisas boas que vivi mas parei pra ver que, gente que admirei e que um dia teve sua importância não merece mais estar ali "ao meu lado" todos os dias. Não fez por merecer, me machucou... resolvi eliminar de perto de mim energias não muito bacanas. No lugar... vão ficar apenas as pessoas especiais, pessoas que longe ou perto estarão sempre perto de mim... (mesmo que congeladas em um papel). Ainda estou no pendrive, com algumas fotos selecionadas pra imprimir e colocar no cantinho da saudade e das pessoas especiais.
Gosto de lembrar.
Gosto de rir de momentos bacanas, chorar de saudade e lamentar como o tempo passou.

Sinto saudade de familiares.
E muito...muito dos meus amigos!

Lembro dos momentos de loucura quando eu estava na facul. Fui ver meus tios e avós umas 3 ou 4 vezes durante o tempo em que cursei minha faculdade. Revendo fotos, como sinto saudade dos dias em que meu pai chegava em casa e dizia: arrumem as malas e vamos viajar pra casa da vó. Isso rpa mim era uma frase que inspirava alegria, de rever meus tios, primos, avós...
Almoço com toda família à mesa. Conversas altas, gargalhadas, histórias...

Cresci e sinto falta disso!
Responsabilidades vieram e as viagens com meus pais não foram mais tão possíveis.

E os amigos...
A maioria deles está longe de mim agora. E os que aqui estão, bom.. temos nossos afazeres, ams sempre que dá, damos uma driblada no tempo nem que seja pra tomar um amargo e prosear.
E os que tão longe... ahhhh

Longas tardes frias de filme, amendoim, risos...
Friends, mateadas longas, jogos de sinuca...
Comunidade Nin Jitsu, conversas ao portão..

Agora nossos laços são mantidos por orkut, msn, email, telefone, cartas...
E no coração a esperança do reencontro!

Queridos!
Jamais esqueço de vocês, pessoas que amo.
Longe ou perto, na caixinha de lembrança ou no mural.. não importa.
VOCÊS ESTÃO NO MEU CORAÇÃO!


Chorei... de saudade!


=> Post inspirado no dia de hoje..friiiooo, o qual me remete há lembranças bacanas e também inspirado na amiga Deb pois, sempre estamos num momento remember!
Saudadeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee***

15 SERES IMAGINÁRIOS:

Flavinha disse...

Aaaaiii nem me fala...FRIENDS, AMENDOIM, O CHIMAS... saudade! Mas é uma saudade boa de sentir, que nos lembra do quanto valeu a pena!!!!
TE AMOO AMIGA QUERIDA...AMO VOCÊS MEUS AMIGOS QUE PERTO OU LONGE, LEVO SEMPRE COMIGO!

PS - Aparece pra uma chimas na quinta, que tal?! =)

Te cuida
BjãoOoO ^_^

JoaoFPR disse...

Ah, poucas pessoas sabem o que é estar só.
Em breve estarei em casa.
E espero ganhar um abraço ber forte e apertado.
Obrigado pela postagem, me identifiquei.

Striker disse...

Saudade de rever a familia.
sua familia deve ser pequena né?
a minha é enorme e por mim só reveria meus avós, minha madrinha e meu afilhado. SÒ.
eu tenho umas três caixas de all star cheia de coisas e lembranças tambem. mas acho que nada tem para jogar fora, só cartas de ex!
mas nunca entendi, você morava onde, fez faculdade onde, é da onde, está morando onde?? o-o
beijão moça!!

Panda! disse...

Ah, Mary!

Pelo menos tu tem um mural da saudades e uma caixinha de lembranças. Só o que eu tenho são as lembranças, pq procurar fotos em cds é muito empenho...=/
Tu já passou por isso, mas eu ainda estou por passar. O fim do semestre se aproxima e com ele a certeza de que mais uma etapa está se encerrando pra outra começar. O problema é que no fim de cada etapa a gente sempre tem que dizer adeus. Vou ser obrigado a me despedir de mais uma família que, por mais que tenha problemas, me acolheu. E lá se vai mais um monte de pessoas que eu aprendi a gostar e que aprenderam a gostar de mim...
Mas uma coisa é certa! Amigos de verdade são eternos! E esses eu vou levar comigo em cada etapa da minha vida, esteja eu (e eles) onde estiver!

Grande beijo minha pequena amiga blogueira! Sinto saudades! =/

Mundo selvagem disse...

Eu vou demorar um pouco pra ir em Uruguaiana, mas assim que for ja temos um mate marcado com um xis do boteco, q q acha????

Bjao Maryetaaaaaaaaaaa

Raysla Camelo disse...

Ah!
Como eu escrevi a pouco tempo, saudade é bom.
É sinal que a vida tá valendo a pena, que temos coisas lindas para relembrar.
=)

Beijos!
Falando em saudade:
Estou com saudade de você!

adri. disse...

Quero foto minha no muralzito!
Saudade amore....
Bjs

Bibi disse...

Cara, eu adoro, vez ou outra, "assaltar o baú das recordações!

Alê Quites disse...

Aff! Eu travo grandes batalhas com a saudade.

BeijOS

Duanny!. disse...

ahh, eu nem entrei na Facul ainda.
Mas ja deixei alguns amigos pra tyrás, alguns voltrei a ver o que foi otimo, e dos outros fica aquela saudadezinha chata né?!
mas, fazer o que, as coisas tem que ser assim.

;D

Débora disse...

Saudades que não tem fim...


"Caminho em frente pra sentir saudades..."

Tiago disse...

Engraçado... esta semana também fiz isso: rever cartas e postais e papéis que tinha guardados... :) É interessante olhar para trás, ver de onde viemos, as pessoas que nos ajudaram a crescer e que cresceram connosco... Ver que há pessoas que já não são o que eram, ver que há pessoas que continuam a ser tal e qual como eram... Ver como nós próprios éramos, ver o que se dizia de nós... É interessante, sim...

Bom fim de semana! :)

Cruela Cruel Veneno da Silva disse...

eu já fiz isso,

joguei muita coisa fora, mas tem coisa que não consigo.

Maíra Brito disse...

saudadessss
estou quase dando fim a uma parte da minha existência, pra não sentir mais saudades...
=)

Suellen Nara disse...

Fazer faxina as vezes é bom.
Mudar de ares, recomeçar.
As pessoas chegam na sua vida e as pessoas vão embora... Quem sabe voltam.

Faz tanto tempo que não abro minhas caixinhas que até esqueci de sentir saudade.
Mas se for mexer... ai...

 
Design by Pocket